EN | Área de Sócio | Contactos            

Doentes não-covid sofrem mais com a pandemia

“Desde março que recebemos relatos quase diários de consultas e exames necessários ao diagnóstico e acompanhamento de doença inflamatória do intestino que foram cancelados sem que haja indicação de nova marcação. A reorganização dos serviços hospitalares para dar resposta aos doentes covid-19 originou, obviamente, mais constrangimentos no seguimento de doentes não-covid, incluindo doentes crónicos, e consideramos que esta decisão do Ministério da Saúde (de não permitir a comparticipação da medicação nos privados) é discriminatória e imoral”, afirma Vera Gomes, da associação de doentes CrohnColitePT. Essa insatisfação com a diferença de tratamento fez com que, há uma semana, a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia enviasse ao secretário de Estado Adjunto da Saúde e à Provedoria de Justiça uma carta explicando a situação e pedindo uma solução para o problema.

Leia aqui reportagem na íntegra do Expresso.