EN | Área de Sócio | Contactos            

Mensagem do Presidente

A VISÃO E AS LINHAS DE AÇÃO PARA O MANDATO DE 2021-2023

Caros Colegas,

Como Gastrenterologistas, creio que todos deveremos ter a consciência que estamos no limiar duma nova época de oportunidades para mais afirmarmos a nossa vocação e acentuarmos a nossa presença em proximidade, seja com os sócios seja com a população. A esse binómio de ação, associa-se uma grande responsabilidade individual e coletiva, e uma grande energia que deveremos ampliar e explorar. A nossa Equipa diretiva representa a plural e inclusiva realidade assistencial de gastrenterologia portuguesa. Integra elementos de diferentes gerações e experiências profissionais, de diferentes molduras geográficas, assistenciais e académicas, todos com propósitos, vivências e desafios diversos, mas convergentes no desígnio de melhor servir e desenvolver a Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia.

A SPG terá uma palavra a dizer sobre todos os assuntos que possam envolver profissionalmente os gastrenterologistas. Nesse sentido continuaremos a tornar claro que abraçamos e que teremos de intensamente sermos protagonistas nos Programas de Formação para Internos e o Desenvolvimento formativo Pós-graduado de Especialistas, aspetos que representarão pedras fundamentais da nossa ação; iremos utilizar com eficácia a nossa progressiva penetração na comunicação social para exprimir e explicar publicamente as nossas opiniões, fator de indiscutível relevo na abordagem aos decisores políticos a quem indiscutivelmente reconhecemos serem elementos fulcrais e instrumentais para conseguirmos imprimir as mudanças de rumo que a comunidade gastrenterológica nacional deseja ver cumpridas.

Esta Direcção, ao criar subestruturas funcionais, as Comissões de Trabalho Específico – de Investigação, de Educação, Editorial, de Ética e de Prática Gastrenterológica, que reportam regularmente a sua atividade à Direcção – visa criar condições para poderem desenvolver ações especificas e exclusivas no terreno e dar corpo e voz às preocupações dos sócios, proporcionando em simultâneo uma maior articulação em proximidade com as nossas linhas programáticas.

Sumário Executivo

A Marca SPG

O corolário duma sociedade científica com as nossas características, que se desenvolveu e transfigurou-se em 60 anos de vida, será naturalmente o de consagrar uma imagem de marca, símbolo e signo que traduza em termos conceptuais e físicos o espírito da SPG. Algo que permita identificar-nos como mentores de uma série de valores constitucionais, como os intérpretes de uma visão identitária com a Gastrenterologia moderna e como porta estandartes de um forte conceito que impacte a vida quotidiana dos Portugueses, a visão que nos permita assumir integralmente o papel de Especialistas da Saúde Digestiva.

Foram dados importantes passos pela Direcção cessante na redefinição e organização deste quadro funcional. Tornamos muito claro qual a força, o dinamismo e relevância que temos na esfera formativa, a par da credibilidade científica que a nossa Sociedade aufere, a grande representatividade que temos socialmente, bem como a exposição mediática crescente que nos torna cada vez mais interventivos na esfera pública. Em plena época de crise, pelo seu ineditismo e inimaginável impacto global, a SPG aproveitou para começar a estabelecer os alicerces que conduzem á sua reestruturação e redimensionamento interno bem como adquirir vias de comunicação privilegiadas com os sócios, com parceiros externos, e novos agentes para tornar possível e viável a nossa potencial expansão sustentada. O desenvolvimento da marca SPG vai incluir uma rede integrada de ações direcionada para os nossos profissionais envolvendo os nossos parceiros estratégicos e também orientada para os media e para os decisores políticos. Criaremos momentos próprios para cada uma destas ações e por isso a articulação de informação será de capital importância: em termos de linguagem, temporização das oportunidades, mensagens a veicular, tudo em reforço do nosso estatuto e da responsabilidade e privilégio de sermos gastrenterologistas – a Comunicação assumirá também um papel central na nossa preocupação de melhor interpretar as necessidades do publico e em conformidade demonstrar o relevo do Gastrenterologista.

As Semanas Digestivas regressam com a dimensão e com os contornos que permitam cumprir as expectativas dos mais jovens e dos mais experientes. O Mês da Saúde Digestiva terá de se assumir como um conceito publicamente reconhecido e identificado como tal. As Secções Especializadas, espaços dinâmicos de majoração científica e profissional, terão as suas atividades muito promovidas e em figurinos que permitam identificar a SPG como a entidade geradora e agregadora de todas as suas múltiplas áreas de interesse. O nosso empenho na formação contínua intergeracional, na divulgação da profícua atividade científica, na demonstração do papel da gastrenterologia portuguesa nos palcos internacionais, vão constituir-se como elementos nutritivos para que os profissionais da nossa área mais se revejam e mais se empenhem nas atividades associativas.

Apelo, com confiança, a que todos nós que ocupamos os mais variados espaços e posições nas hierarquias assistenciais, possamos afincadamente contribuir para que todas as instituições de saúde, públicas e privadas, que tenham gastrenterologistas nos seus quadros, sejam capazes de neles reconhecer as mais elevadas e nobres qualidades humanas, médicas e técnicas. A gastrenterologia tem mudado com o tempo e tem feito mudar os tempos. O desempenho desta Equipa, será, pois, destinado a proporcionar a nossa própria mudança evolutiva, criando as condições para permitir que mudemos a forma como nos olham e para a nossa sociedade científica ser ela própria um vetor de mudança.

O Presidente